sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Meio Milhão de Acessos no Blog


Olá pessoal!

Andei ausente alguns dias e durante este período o blog atingiu o número de 510.000 acessos. É uma importante marca para os leitores e parceiros, significa que estamos realizando um bom trabalho. Diariamente o blog tem recebido em torno de 700 acessos, a maior parte proveniente de sites de pesquisas. Nos dias de post este número passa de 1.000 atingindo 1.500 acessos em algumas ocasiões. Agradeço a todos que participam e em breve traremos novidades de parcerias.

Gostaria de aproveitar para agradecer os colegas que demonstraram preocupação com a minha ausência. Conforme disse lá no blog do S. Guarda neste post, o motivo foi uma perda familiar que me afastou de algumas atividades. Mas estou de volta para continuar a interação com vocês.

Um grande abraço a todos e um ótimo fim de semana!

20 comentários:

  1. Caramba ... 500k.. é uma marca bacana.. parabéns pelo blog. 1500 acessos diários, é mais ou menos o que tenho em 1 mês inteiro rs. Seja bem vindo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É só o começo Rodoldo. Se você contribuir com bons conteúdos já já estará na mídia, rs

      Excluir
  2. isso aew!! por outro lado, meus pesames! life goes on!

    ResponderExcluir
  3. Recentemente, o Bastter postou uma crítica à blogosfera de finanças. Particularmente, concordo com ele. Mas a meu ver, o mal maior da blogsfera pessoal de finanças, é o blog do pobreta. Um dos comentários postados no site do Blastter resume a minha maneira de ver a questão:

    "Se ficar lendo essas coisas, o cérebro vira meleca.
    Viu que um site não presta, para de ler.
    Não adianta dizer: "Vou olhar com espírito crítico".
    Aquilo começa a entrar no cérebro...

    De digo e de coração, minha vida melhorou muito depois que me descadastrei de vários mailing de manada que eu recebia."


    E não é contradição achar isso ao mesmo tempo que se posta aqui. Já decidi nunca mais ler blogs do gênero do Pobretão e cia. Acredito piamente que tudo o que é postado nesses blogs só atrasa a vida do sujeito. O Pobretão, por exemplo, é o mais inútil de todos. E VOCÊ TAMBÉM CONCORDA, UÓ. Nem tente dizer o contrário. Por exemplo, eu NUNCA o vi discutindo sobre os assuntos inúteis daquele blog tais como: feminismo, vida de pobre fracassado, ó céus, ó vida, nunca serei milionário e blá blá blá.

    Você e os demais que denotam um interesse maior por questões que importam e que são os menos inúteis da blogsfera de finanças e que relatam seus patrimônios NUNCA comentam esses assuntos por lá.

    Note a carga mental/emocional que é preciso para SUPORTAR o Pobreta e suas lamúrias. É um tempo precioso que se perde lendo as inutilidades de um sujeito reclamão, que reclama de absolutamente tudo e nunca empreende esforços para mudar o que tanto lhe incomoda, a não ser continuar na mesma situação objeto de sua crítica.

    Acho que o Bastter pecou na sua crítica por ter poupado termos mais severos ou por ter sido comedido. Acho que é fato e TODO MUNDO SABE que o Pobretão é o mais INÚTIL de todos. Ele não ajuda em absolutamente nada. Ele vem com essa desculpa esfarrapada de que seu blog mistura finanças (hein? não há posts sobre finanças naquele blog) com assuntos masculinistas só para manter a audiência do blog. Porém, ele deturpou tanto as duas coisas que ambos os movimentos reais das respectivas áreas o repudiaram. Tanto a blogosfera real de finanças o rejeita quanto os blogs sobre masculinismo. Os primeiros o rejeitam por conta de seus parcos conhecimentos sobre finanças e por sua estratégia suicida e recusa em estudar um jeito de mudar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os segundos, porque seus argumentos destoaram tanto da natureza do movimento que os seus adeptos passaram a ser vistos como efeminados e covardes. Não sou um hater, é a pura verdade. Isso se nota analisando o teor de alguns posts do Pobreta. Algumas vezes ele já falou até mesmo que tem vontade de se castrar quimicamente só para não ter mais libido. Sem contar argumentos de revolta demasiada contra mulheres e minorias. Não sei como esse blog ainda está no ar.

      A impressão que se tem é que o Pobreta quer manter o seu blog no ar a todo custo, querendo agradar a todo mundo. Por isso não dá pra deixar de lado as acusações eternas de que ele seja apenas um fake, um marqueteiro mantendo um blog no ar para tentar alçar voos mais altos em algo futuro que lhe renda adsenses.

      Enfim, dá para quase ter certeza de que o Bastter se referia mais ao Pobreta do que ao resto da blogosfera "pessoal" de finanças. Quase ninguém trata sobre esses temas COMPLETAMENTE INÚTEIS em seus blogs. Seria interessante se o Pobreta passasse a ser boicotado pelos os outros usuários e ficasse isolado com suas lamentações e assuntos que destoam tanto dos pertinentes ao tema central da blogosfera. Mas acho difícil isso acontecer visto a natureza dos participantes do seu ranking. Não há quase ninguém ali que ofereça em seus blogs um assunto independente dessa disputazinha inútil e ao mesmo tempo se relacione com finanças. Pelo menos nunca vi um que tivesse capacidade para se desprender disso e inovar. São todos acríticos e totalmente dependentes do blog do Pobreta.


      John Doe

      Excluir
    2. Como o Pobretão te incomoda, John Doe! Postou a mesma mensagem em meu blog, e não percebi que era SPAM. Acho que alguém está precisando de uma terapia para superar seja lá o que possui.

      Hoje, ouvindo Belchior, uma de suas canções me chamou a atenção, talvez uma das mais populares: "Ainda somos os mesmos e vivemos / Como nossos pais", o que parece se aplicar ainda a esta sociedade brasileira.

      Já vivemos em um país democrático há três décadas praticamente, e nada mais natural que as pessoas possam dizer o que pensam, principalmente na Internet.

      Excluir
    3. O pobretão tem um defeito, vc coloca um comentário lá e raramente ele responde. Acho que a internet é legal para troca de ideias, a pessoa se dá ao trabalho de fazer um post mas não se dá ao trabalho de discutir com os leitores, por isto não comento lá mais. Postar temas polêmicos só pra conseguir views e bombar o Google AdSense é dispensável para mim.

      Excluir
  4. UÓ,

    Essa marca é significativa e realmente mostra que existem muitas pessoas que gostam do conteúdo que você gera. Eu ainda estou longe de ter 500k acessos no meu blog, mas um dia chego lá.

    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado I.D., quero mesmo é chegar no meio milhão de dólares, rs.

      Excluir